quarta-feira, 27 de abril de 2011

Mini Palestra Desmotivacional, Por Julieta Sem Romeu

Antes de cantar 'O amor de Julieta e Romeu, igualzinho ao meu e o seu...', lembre-se: eles morreram no final.



Para quem não sabe, Julieta trocou Romeu por férias no litoral. Depois de flertar com um moreno de olhos verdes, desistiu dos amores de verão e assumiu a solteirice, que não é nenhum bicho papão.
Descansando sob o sol, a Capuleto se pegou pensando no Montéquio que deixara na cidade. Aliás, nele e em todos os Montéquios (incluindo Silvas, Monteiros e Castros), porque no fundo, Romeus mudam de look e meio de transporte, mas são (quase) os mesmos.
No começo, tudo são flores (atchim! Julieta é alérgica a flores). O problema, benzinho, é que flores murcham e às vezes até fedem. Pois é, fedem! E se você está saindo com um Romeu qualquer, que te manda sms no começo do dia e te faz sorrir, essa é a hora: Pare de ler e saia desse blog correndo, Julietazinha!
Apesar das dores de cotovelo brincadeiras, é claro que as relações não definham apenas por culpa dos homens (embora sejam sempre eles a dar mole pra uma @ de decote ou algo do gênero). Tem umas Julietas por aí que vou te contar, acabam com a classe!
Mimimi à parte, o lance é que Capuleto ou Montéquio, um dos lados sempre vai errar. E o outro também. Porque se você quer perfeição, meu amor, vá atrás de um robô - sugiro Wall-E, que é um robôzinho da Pixar bem simpático.
O que eu estava dizendo mesmo? Ah... Errar. Tá aí uma certeza, meu bem: todo mundo erra e todo mundo morre, o resto é lucro. Óbvio que quem entra numa história não chega lá pensando 'Vai, erra aí que eu tô pronta pra isso.', mas sejamos francos, tem mais chances de ir pra frente os relacionamentos realistas (que sabem lidar com diferenças, erros, a camisa bréga dele e a maquiagem cheguei dela) do que os amores a la conto de fadas. Felizes para sempre o caralho, prova aí que a Branca de Neve não viu o Encantado olhando pra bunda da Cinderela numa festa, ou que o Príncipe não ficou puto com a fatura do cartão quando a Pequena Sereia comprou um aquário novo.
Acho - como humilde Julieta - que o segredo é aceitação e bom senso. Ah, o bom senso... Essa coisinha básica como um vestidinho preto, mas que de vez em quando aperta e a gente resolve não usar.
Ninguém é moldado pra ninguém, e isso presupõe que existirão falhas. O 'quê' da parada mano é saber até onde ir e até que ponto você consegue engolir as falhas do outro.
Sim, porque o fato de namoro, rolo, casamento e afins incluírem atritos, não quer dizer que tudo é passível de 'ah, acontece e bola pra frente', tcs tcs. Às vezes a taça de cristal quebra e não adianta tentar colar, porque você vai ter pena de enchê-la de bom vinho e desperdiçar, passando a usá-la apenas para bebida barata. Para os leigos: às vezes fode sem chance de conserto.
No fim das contas, cada um sabe como pagá-las e não é uma Julieta sem Romeu que vai ensinar nada. A dica é banal... Use as receitas da vovó para tudo: saber a medida dos ingredientes faz toda a diferença.

9 comentários:

babiarruda disse...

Nunca vi tamanha coerência sobrinha.

Vc tb é foda. Sem mais.

Beijão

LandNick disse...

Irresistível mencionar uma poesia que conheço:
DOIS DÍSTICOS DE ROMEU E JULIETA
-Me chupa, amor, até que a cotovia
nos desperte na métrica de um soneto.
-Me lambe, amor, assim, agora inverte.
Dá-me o montechio, toma o capuleto.
(Neil de Castro)

Mola disse...

^^

Isabelle disse...

"Porque se você quer perfeição, meu amor, vá atrás de um robô - sugiro Wall-E, que é um robôzinho da Pixar bem simpático" Ri muito com essa parte.
Muito bom o texto inteiro, como todos que você faz. Parece coisa de puxa-saco, mas você é a única pessoa pra quem baixo o chapéu na internet. Parabéns pelo texto. (:

***MissUniversoPróprio*** disse...

Pois é exatamente o que eu digo: a questão não é encontrar uma pessoa perfeita, mas sim alguém de quem se possa suportar os defeitos. Afinal, há defeitos que, para mim, são intoleráveis, enquanto que esses mesmo defeitos podem não sê-lo, pra você.

Muito bom! ;**

Souluck Surf disse...

@vie_luc

(...)é por isso que eu digo que me apaixonei pelos defeitos dele, pq todo e qqr defeito tem lá seus encantos... sou Julieta as avessas rs... e quanto mais veneno na relação, quer dizer pimenta, melhor! rs...

Camila Lourenço disse...

Rsr...Adorei!
Simples e direta.
Juro que a hora que eu tiver namorando, vou lembrar dessas dicas.Rs

Bjo!

Du disse...

Aceitação e bom senso definem bem o RESPEITO!E é isto que falta nos casais hoje em dia, nossa, fico horrorizada com as coisas que vejo por aí... enfim. Sou Julieta sem Romeu e apesar do meu blog se chamar "a moça do sonho", não acredito em contos de fadas, mas quero um happy end pra mim, pode ser? rsrs

Gosto tanto de te ler *-*

Beijos,

Du

*Carô* disse...

objetiva e coerente! adorei, vou te seguir...
beijos

Postar um comentário